Nota sobre a agressão ocorrida na Festa do Extremos – Ellen Wood

O CAHIS-UFPR, gestão 2015/2016 29 de abril, vem por meio desta nota se posicionar diante o ato de agressão ocorrido em nossa última festa (Festa do Extremos – Ellen Wood), assim como prestar todo apoio às vitimas.
A atual gestão do cahis tem como uma perspectiva o combate de todo tipo de opressão, seja ela de caráter racial, de gênero ou classe, dentro do corpo discente e em nossa sociedade. Sendo a luta anti-opressões um dos nossos princípios mais caros, repudiamos as atitudes agressivas e machistas cometidas por nosso colega de curso e nos colocamos ao lado das vítimas, confirmando o ocorrido e nos opondo a qualquer relativização deste,assim como estivemos na festa, ao expulsar o agressor imediatamente após o testemunho de seus atos .Reafirmamos que estamos de portas abertas para acolher as vítimas no que for necessário e sempre apoiar todos os espaços de formação e instrumentalização das lutas sociais.
Por fim, é de extrema necessidade reconhecer a crítica de nossas colegas quanto a ausência de um posicionamento explícito da gestão frente aos acontecimentos recentes. Internamente optamos por não nos posicionar antes que o Coletivo Aurora divulgasse uma primeira nota. Como entidade organizadora do evento tínhamos o dever de escrever esta nota logo após a festa., mas em um passo equivocado nosso, não calcamos essa decisão em um debate mais elaborado entre as e os estudantes . Para isso estaremos realizando uma reunião no dia 02/08 para avaliar nossas atitudes e fazermos uma autocritica de forma coletiva , aberta, junto com as e os estudantes.

Segue abaixo a nota publicada pelo Coletivo Aurora:

Coletivo Aurora (07/07/2016)

NOTA DE REPÚDIO
O coletivo Feminista Aurora, do curso de História da UFPR, vem a público demonstrar uma nota de repúdio ao ato de abuso cometido pelo aluno do curso, André Victor Stuart, do GRR 2014, contra calouras, na ocasião da última festa, organizada pelo Centro Acadêmico de História (CAHIS), ocorrida em 11/06/2016.
Vivemos sobre um sistema patriarcal onde, na maioria das vezes, os homens se acham no direito de interpretar nossas falas como querem e, depois disso, desmerecer a palavra das vítimas, dando a impressão de que na verdade as vítimas são eles.
A posição tomada pelo coletivo foi oferecer, primeiramente, apoio às vítimas reais.
É de conhecimento geral que, em situações de abuso, a vítima sempre tem seu relato desacreditado, principalmente se ela for mulher – nesse caso não foi diferente. Várias versões do que aconteceu na referida festa foram disseminadas, causando confusão e dúvida nos alunos do curso. Sendo assim, cobramos da atual gestão do CAHIS uma nota pública com relação ao ocorrido, uma vez que o mesmo organizou o evento e ainda não emitiu publicamente seu posicionamento perante o dito abuso. Sua omissão, segundo nosso entendimento, pode contribuir para o clima de dúvida que foi instaurado, fazendo com o que o relato daqueles presentes na festa seja passível de desconfiança.
Assim, ficou decidido, em reunião realizada pelo coletivo no dia 01/07/2016, ser inviável que vejamos a presença de um agressor nos espaços de sociabilidade como algo normal, visto que esse ato coíbe tanto as vítimas do caso como várias mulheres que passaram por situações semelhantes, fazendo com que ambientes como a universidade, festas, bares e grupos de estudos não sejam vistos como seguros para as mulheres.
Sendo assim, não vamos tolerar uma presença que causa desconforto as pessoas que realmente foram afetadas pelo o que aconteceu. Porém, afirmamos que André Victor Stuart possui direito de resposta a essa carta.
O Coletivo Aurora não deixará este episódio ser esquecido e fará o possível para auxiliar e empoderar a todas que tenham sofrido qualquer tipo de desconforto ou agressão no curso, bem como em qualquer outro espaço.

Juntas somos mais fortes!

7 de julho às 15:18 · Público

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s